A maior parte das pessoas que consomem a semente de linhaça diariamente, compra a semente de linhaça ou a farinha já pronta. O que muita gente não sabe é que o processo de fazer a farinha não é muito complicado, e pode ser feito em casa, por qualquer pessoa. Esse processo ainda preservará melhor os nutrientes da semente e trará para sua dieta mais elementos essenciais e importantes para uma saúde.

 

Para fazer a farinha basta ter a semente e um liquidificador potente para conseguir moer a semente. Ela é pequena, mas é bem dura. Portanto você precisa mesmo de um liquidificador de qualidade ou então um processador de alimentos. O procedimento é simples, basta triturar as sementes até virar uma farinha.  Faça pequenas quantidades, isso além de conservar as sementes e a farinha por mais tempo, vai ajudar a definir a potência ideal para o seu liquidificador ou processador.

Depois disso, armazene em um recipiente de vidro escuro, isso vai  evitar que a linhaça oxide por ação da luz. Mantenha na geladeira e consuma no máximo em até 4 dias.

A farinha de linhaça caseira dá maior controle sobre o processo de produção e consumo. Prepare a farinha de acordo com sua necessidade. Assim,  as sementes ficarão inteiras por mais tempo, pois a casca da semente protegerá os nutrientes.

Rua Vergueiro, 3558 Cj. 507
 Chácara Klabin - São Paulo, SP 

adrianastavro@terra.com.br

Tel: (11) 96485 - 2323

© 2017 por Adriana Stavro Criado orgulhosamente por Sacchi Comunicação Integrada